3 Comentários

Figurinhas !! Por Rafael Lemos

10168901_304748309694574_609824701_n

Tendo saído da barbearia Itacolomi, eu seguia pelo trecho da Saldanha Marinho que antecede a Fernando Moreira. Ia pegar o ônibus no tubo Visconde de Nácar. Faltavam poucos metros para chegar à estação, quando vi o portentoso expresso vermelho e preto rasgar a reta e me deixar a ver navios. “Perdi o bonde e a esperança”, como nos versos de Drummond. E como a espera por outro ônibus seria inevitável, resolvi comprar meu marlborinho vermelho na banca de jornais do pequeno largo que interrompe naquele ponto a Rua Saldanha Marinho.

 
– Amigo, por gentileza, me veja aí um marlboro vermelho box e um halls preto.
 

Ao dono da banca estendi uma nota de cinquenta reais, recebi o troco e conferi – como bom bisneto de sírio que sou. E antes de retirar do box o cigarrinho que me faria companhia na provável longa espera da condução, um piá –  aparentando 6 anos de idade – me pediu:

 
– Tio, compra pra mim uma figurinha da Copa?
 

Era um piá, um piazito, um toco de gente que se dirigia a mim num fio de voz, como se não quisesse incomodar, como se confidenciasse um segredo. Um pedido singelo, feito por um menino tão humilde. Humilde em gestos e vestes: a calça de uniforme escolar com bolsinho de zíper num dos lados, o moletom de um azul esmaecido, havaianas nos pés, as mãos vazias e os olhos baixos. “É gente humilde, que vontade de chorar” – imediatamente me veio a lembrança da bela canção do Chico e do Vinicius, mas me contive. Um bom palhaço não chora diante de uma criança, ao contrário: arranca-lhe o riso. E se eu não sou um bom palhaço, sou ao menos esforçado.

 
– Se eu compro uma figurinha pra você? Ué, mas eu nem sei o teu nome? Qual é o teu nome, piazinho da figurinha?
 

– Meu nome é Pedro! E o teu?
 

– O meu? Pera que eu vou ver aqui na Identidade, só um minuto: Rafael! Tá escrito aqui que o meu nome é Rafael, mas você pode me chamar de Rafa, pois meus amigos me chamam assim!
 

O piazito achou graça. Um sorriso banguela iluminou o rosto miúdo. O papo prosseguiu.
 

– Eu quero uma figurinha da Copa, pois eu nunca tive uma figurinha! Eu quero ver como é, Rafa! Pegar na mão, ver as cores, ver de que seleção que é.
 

O dono da banca assistia à cena com olhos atentos e prontamente atendeu meu novo pedido:
 

– Amigo, me veja aí dez pacotinhos de figurinhas da Copa.
 

Entregou-me os pacotinhos, o álbum e a distância ficou nos observando.
 

– Aí Pedrão, estão aqui as figurinhas e o álbum, meu amigo!
 

O sorriso do piá ficou ainda mais largo.
 

– Eba, Rafa, as figurinhas da Copa!!!
 

A estação-tubo estava convidativa: dois degraus e a parte inicial da plataforma seriam o cenário perfeito pra gente abrir os pacotinhos e colar as figurinhas no álbum. Dentro do tubo, uma cobradora de olhar maternal nos dava tacitamente a permissão de que precisávamos para estar ali.

 
– Ô Pedro, você me ajuda a abrir os pacotinhos?
 

– Claro, Rafa!
 

E lá fomos nós. Entreguei o primeiro pacotinho ao guri e fiquei observando. A mãozinha pequena querendo ser mais rápida do que o pensamento. De repente, saltaram os cinco primeiros cromos autocolantes.
 

– Olha, Rafa, que figurinha bonita! Que camisa bonita, Rafa! Que seleção que é?
 

– Portugal, Pedrinho! E você já começou bem, pois esse jogador feioso aí é o Cristiano Ronaldo, o craque deles!
 

– Sério que é, Rafa?
 

– Tô te falando!
 

Mais um pacotinho aberto e outro. Até que o Pedro explodiu em nova exclamação:
 

– Rafa! Esse aqui é do Brasil! Ó a camisa dele: é amarela! E esse jogador eu sei quem é, não fale, eu sei: é o Fred!
 

– É o Fred mesmo, cara! Pô: você só tira figurinha de craque, Pedroca! Vai ter sorte assim lá longe, piá! Você é pé-quente!
 

E as figurinhas iam sendo coladas pelo Pedro no álbum da Copa, com o capricho de quem traz nas mãos um tesouro. Cada figurinha era colada e logo alisada num gesto carinhoso e cuidadoso, feito com as costas da mão.

 
– Você gosta de futebol, Rafa? – quis saber o menino, agora definitivamente à vontade comigo.
 

– Rapaz, se eu gosto? Eu gosto muito de futebol! Torço pro Atlético Paranaense desde que eu tinha o teu tamanho, a tua idade! E você, Pedro?
 

– Eu torço pro Brasil e um pouco eu torço pro Atlético também!
 

Os pacotinhos sendo abertos. Até que eu explodi em exclamação:
 

– Olha esta figurinha, Pedro! É metade da Arena da Baixada, Estádio do meu Atlético querido, estádio que vai receber quatro jogos da Copa! Olha que linda a Arena, Pedro! Só falta a outra metade e aí fica completinha, do jeito que ela está lá: bonita, esperando a Copa do Mundo!

 
Ele achou graça do meu entusiasmo, pegou a figurinha que representava metade da Arena e deixou de lado. Seguiu abrindo os pacotinhos e colando as figurinhas no álbum. Em certa altura, explodi de novo:
 

– Pedro! Olha aqui, Pedro! Saiu a figurinha com a outra metade da Arena do Atlético!!! Agora temos a Arena inteira, inteirinha, piá!!! Eu nem acredito!!! – E o Pedro pegou a segunda figurinha da Arena e colocou junto da primeira, completando o Estádio.

 
No final da operação, sobraram oito figurinhas repetidas e mais as figurinhas da Arena que, embora inéditas, não tinham sido coladas pelo menino.
 

– Pedroca, seguinte: as figurinhas repetidas você pode trocar com algum menino que também tenha figurinhas ou você pode jogar bafo e tentar ganhar outras! – e como ele não sabia o que era bafo, aproveitei para ensinar, mostrando pra ele como é que a gente fazia uma concha com a mão e depois batia nas figurinhas – com efeito – até que elas virassem e passassem a ser nossas. Ele ficou maravilhado com a brincadeira do bafo e me garantiu que perto da casa dele havia uns meninos que tinham, sim, figurinhas da Copa para perder pra ele nas disputas!

 
– Rafa, eu vou ganhar um monte de figurinhas lá perto de casa!
 

– E essas aí da Arena você não vai colar no álbum, não?
 

– Não. Essas duas da Arena eu vou dar pra um amigo que eu gosto muito!
 

– Aí, Pedroca, você é o cara! Você é um figurinha, piá! Sorte dele que vai ganhar as figurinhas da Arena e que tem um amigo legal que nem você!
 

Nesse momento, um jovem casal apareceu. Eram os pais do piazito. Ela aparentava ter 19 anos; ele, vinte e cinco, no máximo.
 

– Ê Pedro, de onde esse álbum e tanta figurinha, meu filho? – quis saber a mãe do garoto.
 

– Ganhei do Rafa! – respondeu o piazito apontando para mim.
 

Os pais sorriram em agradecimento. O pai acrescentou:
 

– Esse meu filho tá me saindo melhor do que a encomenda! – e riu. E rimos! O Pedro foi pra perto da mãe, com o álbum nas mãos e segurando também as figurinhas repetidas.
 

Era a hora de nos despedirmos:
 

– Tchau, Pedro! Jogue bafo e troque as figurinhas repetidas. Quero ver esse álbum completinho, ouviu?
 

– Tá bom, Rafa! E obrigado pelas figurinhas e pelo álbum!
 

– Imagine! Eu que agradeço por ter conversado com você e ter te ajudado a colar as figurinhas! Agora dá um abraço no Rafa!
 

Ele veio e me abraçou. E quando eu me preparava para entrar na estação-tubo, o Pedro me chamou – num fio de voz:
 

– Rafa, estas aqui são pra você! – e me entregou as duas figurinhas da Arena. Aquelas que ele não quis colar no álbum, porque estavam reservadas a um amigo de quem ele gostava muito!
 

E o Pedro, na companhia dos pais, seguiu pela Saldanha Marinho, levando com ele um álbum, um sorriso inocente no rosto e deixando comigo duas figurinhas. E uma vontade de chorar.

 

SRN

Rafael Lemos

Anúncios

3 comentários em “Figurinhas !! Por Rafael Lemos

  1. Não sei bem se xingo vc e te dou um abraço sei la
    Po uma pessoa que escreve como vc perde tempo sendo advogado
    Vc com poucas palavras me levou mais uma vez as lagrimas
    Se existe ser superior ele escolheu bem a dedo VC par contar causos e fatos e HISTORIAS E ESTORIAS
    E Um privilegio poder ler o que vc tão brilhantemente escreve
    DO SEU HUMILDE FA NUMERO 1

    Curtir

  2. FANTÁSTICO. SRN.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s