Deixe um comentário

Bridgestone Libertadores: Concentração dos atleticanos na Bolívia será em Santa Cruz de la Sierra

Driblar os efeitos da altitude. Uma estratégia que passa por uma preparação diferenciada e a qual chega até mesmo ao lugar da estada do Atlético Paranaense na Bolívia, para a última jornada na fase de grupos da Copa Bridgestone Libertadores da América. Santa Cruz de la Sierra, no leste boliviano, é a cidade escolhida pelo Rubro-Negro para servir de concentração ao time às vésperas da partida contra o The Strongest.

A delegação atleticana viaja no próximo domingo (6) ao país vizinho, onde treina no mesmo dia e também na segunda-feira (7). Já o duelo contra o Tigre começa às 19h45 [horário de Brasília] da terça-feira (8), no estádio Hernando Siles, em La Paz – cerca de 545Km [rota aérea] da concentração. Segundo colocado do Grupo 1, ao CAP basta um empate para ficar com a vaga às oitavas de final.

“Santa Cruz de la Sierra é um local inclusive mais próximo do nível do mar que Curitiba” – lembra o especialista do Departamento Médico do CAP, Luiz Gustavo Emed. Enquanto a principal cidade da província de Santa Cruz está 416 metros acima do nível do mar, a altitude curitibana é de 934m. Nada que se compare ao ar rarefeito dos 3.660m de La Paz, cravada em meio à Cordilheira dos Andes.

“Para um indivíduo se adaptar a condições como essa de La Paz, seriam necessárias de três a quatro semanas de aclimatação, o que não nos é possível devido ao calendário atual de jogos” – conta Emed, que explica ainda que os primeiros efeitos da baixa concentração de oxigênio no ar só vão aparecer após as primeiras duas horas no local e variam de pessoa para pessoa. Dentre eles, aumento na frequência cardíaca e respiratória. Déficit de atenção e de coordenação também podem aparecer. Em alguns casos, dor de cabeça e náusea. “Por isso, quanto menos tempo de exposição à baixa concentração de oxigênio, que é vista em La Paz, menor os efeitos da altitude no rendimento do atleta” – esclarece.

ivl7up

Com isso, a programação atleticana na Bolívia prevê ficar o menor tempo possível em La Paz, onde os jogadores chegam quase na hora do pontapé inicial. Tomam um voo fretado de Santa Cruz e desembarcam por volta das 17h na capital boliviana. Do aeroporto, seguem para o estádio. Terminada a partida, fazem o caminho inverso.

Já o retorno ao Brasil é na quarta-feira (9), com chegada a Curitiba prevista para o fim da noite.

Foto: SkyscraperCity/Divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s