1 comentário

O DIA EM QUE CAJU CHOROU ! por Rui Carlos Ribeiro

Nestes 90 anos de história, fui testemunha ocular do dia em que nossa Majestade do Arco – Caju – chorou de tristeza.
 
Ele, que sempre foi o guardião da antiga Baixada, seja no gol ou nos bastidores, chorou quando da mudança para o estádio Pinheirão.
 
Era uma tarde meio sombria, com um chuvisco, um dia que o CAP estava triste, ou seja, depois de 61 anos, estávamos abandonando nosso lar, nossa casa de muitos títulos e glórias. O destino seria incerto, uma aventura temporária, que quase acabou com o nosso clube.
 
O retorno se daria 9 anos depois em 1994 através do Presidente Farinhaqui, com a remodelação da antiga baixada e neste dia CAJU voltou a sorrir, depois desse período triste de nossa história.
 
Mas em relação ao fato, ou seja, o dia que Caju chorou de tristeza, me lembro até hoje que da mudança do Atlético para o estádio do Pinheirão, estava eu e Lanzone (motorista da Jabiraca, sr. Silvio Sady de Souza de saudosa memoria), nos preparando para levar as ultimas peças do clube, quando nos deparamos com uma pessoa no portão principal do estádio Joaquim Américo, fomos verificar quem estava pois nos parecia que a pessoa não se encontrava bem, ao chegarmos perto verificamos que era Sr. Alfredo Gottardi a MAJESTADE DO ARCO, talvez o maior ídolo em toda história de nosso clube, o referido estava encostado no portão chorando pela despedida do local de tantas glórias que nos proporcionou e que nos identificou para sempre como a nossa casa, o nosso templo.
 
Foi na Baixada em 1930 que Caju estreou nas balizas de nosso clube. Em 49 foi nessa mesma baixada que ganhamos a alcunha de Furacão moendo adversários e no qual, o próprio Caju, passava o bastão ao Laio, a Fortaleza voadora. Em 1950, se retira em definitivo dos campos, para atuar fora deles. Foram 620 jogos em que fez sempre o melhor pelo nosso Atlético, o único time que atuou, dignificando nossas cores, por que dele sim, conhecemos o valor de se vestir o manto rubro-negro, que só vestimos por amor!
 
Nos anos seguintes, Caju fez de tudo, se sentia dono. A Baixada foi sua segunda casa e muitas vezes a primeira. Até tijolos assentou!
 
O CAP, jamais esqueceu dele, pois em 1997, batizamos o melhor CT do Brasil com o seu nome. Centro de Treinamento Alfredo Gottardi, ou mais conhecido como CT do CAJU.
 
Mas, o dia memorável para ele (Caju), deve ter sido a Reinauguração da Arena em 1999. Neste dia voltou a chorar, mas de uma alegria jamais esquecida, principalmente para ele, que por anos defendeu nosso Gol, que se fez Majestade, naquelas traves.
 
Em 2001 nos deixou, antes de ver o Atlético campeão brasileiro, mas tenho certeza que as mãos de Caju, defenderam muitas bolas naquele campeonato, mesmo estando na Baixada celeste!
 
A tristeza de Caju foi o fato que me marcou muito, pelo amor que nossa Catedral/Arena desperta. A distância dela nos faz sofrer, mas agora é diferente, estamos retornando por motivos diferentes daquela época (uma copa do mundo) e vivemos o sacrifício nestes últimos 2 anos, por que teremos uma Arena ainda melhor.

Termino minha coluna, dizendo que quando de seu falecimento o mesmo foi velado já em nossa ARENA, mas com a certeza que dali jamais iriamos sair novamente e que ele como guardião, sempre estará atento, vigiando e zelando pelo nosso templo sagrado.

Rui Carlos Ribeiro (Torcedor Atleticano)

Anúncios

Um comentário em “O DIA EM QUE CAJU CHOROU ! por Rui Carlos Ribeiro

  1. Simplesmente maravilhoso este relato,o Rui sabe de historias e estorias fabulosas de dentro de nosso Atlético.
    Parabens Rui vc sempre foi um GIGANTESCO Atleticano algumas vezes injustiçado,mais que sempre trabalhou em favor do Atlético

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s