Deixe um comentário

Sub-23: Rubro-Negro começa na frente, mas termina com o empate diante do Operário

33155_13906935090_thumb-5-3A equipe Sub-23 do Atlético Paranaense até começou na frente, mas acabou saindo do estádio Janguito Malucelli (Ecoestádio) com o empate na abertura da terceira rodada do Campeonato Estadual, neste sábado (25), em Curitiba. Marcos Guilherme abriu o placar para o Furacão, aos nove minutos de jogo. Aos 43 minutos ainda da primeira etapa, Lucas Batatinha empatou para o Operário, de Ponta Grossa.

Resultado que deixa os atleticanos momentaneamente na nona colocação do PR-2014 – cinco jogos completam a rodada neste domingo (26). No próximo fim de semana, o desafio do CAP Sub-23 é no estádio Gigante do Itiberê, em Paranaguá. Partida que começa às 17h de domingo (2), contra o Rio Branco.

O jogo

Com jogadas de velocidade e muita movimentação em campo, foi a jovem equipe do Rubro-Negro que dominou as ações do primeiro tempo. Destaque para as investidas do lateral-esquerdo Léo Pereira e à mobilidade do meio-campo Marcos Guilherme. Quando a bola passou pela primeira vez por essa dupla, saiu o primeiro gol do jogo.

Foi aos nove minutos, no primeiro lance de mais perigo da partida. Léo recebeu pela lateral do campo e, de pé esquerdo, levantou a bola na cabeça do camisa 10 que, com 1,72 metros de altura, apareceu livre para cabecear e fazer o primeiro do Furacão no Paranaense 2014: CAP 1 a 0. Por pouco Marcos Guilherme ainda não fez o segundo. Aos 17 minutos, ele deixou três marcadores para trás, e já na grande área, chutou para fora. Douglas Coutinho – aos 24 minutos, num chute desviado pela zaga que obrigou o goleiro pontagrossense Marcelo mandar para escanteio –, Jean Felipe, aos 33 minutos, e Otávio, aos 42 minutos, também tentaram ampliar. Sem sucesso.

O Operário, que até então apenas incomodava com chutes de média distância ou bolas alçadas na área, quase empatou com Ícaro, aos 38 minutos. Pressionado pela defesa, o atacante dos Campos Gerais completou com o pé e para fora o cruzamento que vinha pelo alto. Mas, na segunda chance, os visitantes não desperdiçaram. A zaga atleticana parou pedindo impedimento, enquanto Lucas Batatinha correu livre em direção ao gol após lançamento vindo do meio. Na saída do arqueiro rubro-negro Rodolfo, ele tocou para empatar: 1 a 1.

A etapa final caiu em intensidade, mas não em bons momentos. O time de Ponta Grossa apareceu mais para o jogo e até ensaiou a virada. Aos 18 minutos, o meia Marquinhos recebeu na esquerda e acionou Richardson, que tentou o disparo rasteiro. Bem colocado, Rodolfo defendeu. Três minutos depois, Ícaro apareceu livre e ficou “mano a mano” com o zagueiro Lucas Alves, do Atlético. Melhor para o defensor do CT do Caju, que afastou o perigo. O Furacão também não desistiu e quase abriu vantagem aos 19 minutos, quando Otávio chutou forte da entrada da grande área para a defesa do camisa 1 do Fantasma. Vinte minutos depois, a melhor chance do segundo tempo. Marcos Guilherme aproveitou o vacilo da zaga do time do interior, avançou em direção ao gol, mas finalização parou no goleiro operariano. Final: 1 a 1.

Ficha técnica:

25 de janeiro de 2014, sábado

ATLÉTICO PARANAENSE 1 x 1 OPERÁRIO

Campeonato Paranaense de 2014 – Primeira Fase – 3ª rodada

Local: Estádio Janguito Malucell (Ecoestádio), em Curitiba.

Início: 19h30

Árbitro: Rogério Menon da Silva (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e João Vagner Cavalari (PR)

Cartões amarelos: Vitor Hugo (Operário, aos 37min do 1°T);  Lucas Alves (Atlético, aos 46min do 1°T); Abuda (Operário, aos 40min do 2ºT).

Cartões vermelhos: não houve

Gols: Marcos Guilherme, aos 9min do 1ºT (1×0); Lucas Batatinha, aos 43min do 1ºT (1×1).

ATLÉTICO PARANAENSE

Rodolfo; Jean Felipe, Tárik, Lucas Alves e Léo Pereira (Sidcley, aos 32min do 1ºT); Juninho, Otávio e Marcos Guilherme; Guilherme Schettine (Bruno Furlan, aos 12min do 2ºT), Douglas Coutinho e Dominic.

Técnico: Dejan Petkovic.

OPERÁRIO

Marcelo; Correia (Vitor Hugo, aos 22min do 1ºT), Renê, Basso e Alex Costa; Sidnei, Richardson, Marquinhos e Lucas Batatinha (Pedrinho, aos 16min do 2ºT); Andrezinho (Abuda, aos 31min do 2ºT) e Ícaro.

Técnico: Gilberto Pereira.

Foto: Bruno Baggio / Site Oficial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s