Deixe um comentário

Mancini participa da fundação da Federação Brasileira dos Treinadores de Futebol

31150_13737604410_thumb-5-3 mancini

O técnico do Atlético Paranaense, Vagner Mancini, participou da criação da Federação Brasileira dos Treinadores de Futebol (FBTF). Mancini e os técnicos Caio Júnior (Vitória) e Dorival Júnior (Vasco da Gama), idealizadores da Federação, serão os vice-presidentes da entidade que será presidida pelo ex-jogador Zé Mario.

Com o objetivo de dar suporte as reivindicações dos problemas que a categoria dos técnicos apresenta, a FBTF quer discutir os aspectos importantes e relevantes para melhorar a profissão, além de capacitar os profissionais através de cursos e palestras.

O Site Oficial conversou com Vagner Mancini sobre a Federação Brasileira dos Treinadores de Futebol.

Site: Ontem foi o lançamento da FBTF, como será o funcionamento?

Mancini: A Federação foi fundada com o apoio de muita gente, mais de 20 técnicos, entre eles o Luiz Felipe Scolari, treinador da Seleção Brasileira, e nós queremos a partir de agora organizar melhor a profissão. Será feito um projeto de Lei e que será encaminhado ao Congresso. Nós temos alguns deputados federais que estão pensando junto com a Federação e entendendo a real situação, não só do treinador, mas do futebol brasileiro neste momento.

É necessário, e todos eles sabem disso, que o treinador brasileiro também ande junto com toda essa estrutura que está sendo montada. Nós teremos a Copa do Mundo aqui no Brasil e não é possível ter uma rachadura dentro de uma estrutura que está se modernizando.

Site: E qual o próximo passo?

Mancini: O próximo passo é sentar com os políticos em Brasília e ver o que é possível ser feito, sempre pensando na melhoria do futebol em termos gerais.

Site: Você foi um dos idealizadores e é um dos vice-presidentes, como será o seu trabalho?

Mancini: Alguns podem imaginar que os técnicos ficarão viajando, mas não tem nada disso. Acontecerão alguns encontros pontuais. Nós já temos uma estrutura montada dentro da Federação com funcionários que farão o cotidiano. Nós apareceremos quando for necessário fazer algum tipo de reivindicação. Acredito que teremos que fazer reuniões a cada seis meses, mas paralelo a isso terá uma equipe de pessoas encarregadas e fixas que desenvolverão os projetos.

Site: Na parte dos contratos profissionais, como a Federação atuará?

Mancini: Temos alguns pontos para regulamentar melhor a classe dos treinadores, até para que todo técnico tenha um contrato assinado. Não podemos usar como base os treinadores das Séries A, B e C, cuja exigência [de contrato] é maior. Muitos técnicos, mais de 80%, não possuem contratos assinados e por isso queremos que ocorra mais respeito ao profissional.

Site: E a profissionalização dos treinadores, como a Federação se posiciona?

Mancini: Queremos montar cursos para a qualificação dos profissionais que já são técnicos. A pessoa que quiser ser técnico, terá que passar por módulos, assim como a FIFA exige na Europa. Hoje, a FIFA reconhece apenas o curso que é ministrado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), mas que nem todo mundo tem acesso. Queremos fazer com  que a estrutura para se tornar um técnico de futebol seja respaldada numa série de itens devidos.

Fonte : Site Oficial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s